Mau hálito pode ser evitado

Mau hálito é um efeito colateral comum em quem não cuida da sua saúde oral. Como ele surge e, principalmente, pode ser evitado: esse é nosso tema.


Entre as bactérias que contribuem para o mau hálito estão “Treponema denticola” e “Porphyromonas gingivalis”. Milhões delas colonizam na boca e degradam os resíduos de alimentos presos entre os dentes ou nas bolsas gengivais. Neste processo de decomposição, são produzidos gases derivados do enxofre que resultam no desagradável mau hálito.


Os sintomas de higiene oral inadequada

Os sintomas de higiene oral inadequada

Claro que muitas vezes a causa pode ser algum alimento ou uma doença rara no estômago. Mas, em cerca de noventa por cento de todos os casos, a causa do mau hálito ou halitose reside na boca e/ou garganta. Seis por cento das pessoas se queixam de mau hálito constante, enquanto outras percebem apenas ocasionalmente. Estatisticamente as pessoas mais velhas são mais afetadas e, mais frequentemente, homens do que mulheres.


Uma boa higiene oral é o melhor tratamento para o mau hálito

Uma boa higiene oral é o melhor tratamento para o mau hálito

Esse é um assunto raramente discutido, mas os profissionais da Odontologia costumam concordar: o mau hálito é normalmente um sintoma de higiene oral mal feita ou inadequada. Um bochecho especial não necessariamente vai ajudar nesse sentido, mas o controle de placa pode realmente ajudar a prevenir o mau hálito. Escovar os dentes corretamente, limpar os espaços interdentais e a língua. As ferramentas para isso: uma escova dental ultra macia, uma escova interdental adequada, fio dental para os dentes anteriores e um higienizador de língua.


Limpadores de língua e gomas de mascar podem ajudar

Limpadores de língua e gomas de mascar podem ajudar

Raspadores de língua são especialmente indicados para pessoas que, apesar do uso de escova interdental e fio dental, sofrem permanentemente de mau hálito. Raspadores de língua removem a chamada saburra lingual e consequentemente as bactérias que se fixam sobre a parte posterior da língua, especialmente a parte mais irregular. Um raspador de língua como o CTC CURAPROX - com uma ou duas arestas de raspagem - é um instrumento fácil de usar e que possibilita a eliminação da placa bacteriana que se deposita sobre a língua. Gomas de mascar sem açúcar também podem ajudar. Mas o fator decisivo na luta contra o mau hálito não é o sabor de menta, mas sim a mastigação que estimula o fluxo salivar. A saliva ajuda a neutralizar as bactérias e remover as partículas de alimentos.

Depois dos implantes: tudo para se manter saudável

Clique para visitar a página